Pausa e contemplação no Caminho

BASTÕES DE CAMINHADA

Os bastões de caminhada são grandes amigos dos peregrinos. Mas são aquelas amizades difíceis, que começam por uma imposição... É comum ver peregrinos a carregarem os bastões na mochila, afirmando que não se entendem com os bastões, que só atrapalham e pesam. Aprender a andar com bastões é como dançar. É necessário aprender os passos de base.

O motivo pelo qual estes "paus" têm tanto sucesso entre peregrinos e caminheiros de todo o mundo, deve-se ao facto de andarmos com mais segurança, apoiados em 4 pontos em vez de 2 pontos, e de usarmos os braços para ajudar a marcha a avançar. Os bastões também ajudam a atenuar os efeitos da carga extra da mochila. 

Procura ser paciente com os bastões, aprende a escolher, a andar, a usar as fitas e a afinar a altura dos bastões conforme o relevo. A informação abaixo vai ajudar-te a compreender melhor estes acessórios.

---------------------------

CAMINHADA NÓRDICA

Esta forma de caminhar evoluiu a partir do esqui de fundo. Os praticantes desta modalidade continuavam a utilizar bastões nas caminhadas de treino, mesmo quando não existia neve, para treinarem os braços. Foi assim que nasceu esta forma de caminhar, que se tornou um desporto mundial. A "caminhada nórdica" tem muitas vantagens para os seus praticantes, pelo facto de exercitar o corpo todo, trabalhar a coordenação motora e poder ser feito como desporto ou recreativamente por todos os caminheiros conforme as suas capacidades.

Abaixo deixamos um vídeo que explica os fundamentos da "caminhada nórdica".

---------------------------

BORDÃO DE CAMINHADA

---------------------------

O bordão faz companhia aos peregrinos desde sempre. Habitualmente, o bordão conta um pouco da história do seu dono, com desenhos ou textos gravados que refletem os Caminhos percorridos. O bordão é óptimo para manter os intrusos afastados.

A assimetria no andar, provocada pelo bordão, pode trazer ao peregrino dores na anca, joelhos e tornozelos. Recomendamos que procedas à troca regular do bordão entre as duas mãos, para suavizar o efeito do andar assimétrico.

A escolha de um pau no Caminho para servir de bordão é uma prática comum. Sempre que possível, pede autorização aos proprietários, não estragues árvores, procura utilizar paus secos (mais resistentes). 

(Presidente Theodore Roosevelt's)

Fala suavemente, leva contigo um pau grande e vais chegar longe...

logo_aacf.jpg

TELEFONE GERAL:
+351 913 13 1300

PADRE RUI LOURO:
+351 926 905 165

QUEM APOIA:

logo_decathlon.png

Página web escrita em desacordo ortográfico

  • Facebook
  • YouTube
  • Pinterest
  • Instagram

© 2021 Associação de Amigos dos Caminhos de Fátima